*- Festa/Nossa Senhora do Rosário


Nossa Sra. do Rosário - Penedo/AL (Brasil)

Imagem de Nossa Srª do Rosário – Penedo/AL (Brasil).

.

O SANTO ROSÁRIO

 

           Muito antes da devoção do Rosário, o objeto “Terço” já existia. Isso graças aos Monges Anacoretas que para manter a concentração nas orações, tinha o hábito de utilizar pedrinhas, juntadas umas as outras, tendo os irmãos leigos, pela mínima familiaridade com o latim, sido dispensados da recitação do Saltério, esses por sua vez completavam suas práticas de piedade recitando o Pai Nosso, foi quando, para facilitar a contagem, o venerável São Beda, o “Doutor da Igreja” (século VII/VIII), sugerido a adoção de vários grãos enfiados em um barbante.

         O mérito de disseminar a devoção ao Rosário foi, deliberadamente, atribuído aos “Frades Dominicanos”, que passou a ser a forma de oração mais popular entre as famílias religiosas.

         O Rosário é formado pelas duas orações básicas do catolicismo: o “Pai Nosso”, ensinado pelo próprio “Jesus Cristo”, e a “Ave Maria”, nascida da Anunciação feita pelo Anjo Gabriel à Virgem Maria e das palavras de sua prima Santa Isabel. No instante em que se reza, ele nos leva à meditar sobre os mistérios da vinda do filho de Deus entre nós, ou seja: anunciação, nascimento, vida, paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo.

          De acordo com a história, em 1208, Nossa Senhora apareceu a SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO (fundador da Ordem Dominicana), na Igreja (Mosteiro) de Nossa Senhora de Prouille (Prouille/Occitana – França), momento em que Maria indicou-lhe e/ou entregou-lhe o Rosário, como potente arma para a conversão e, também o ensinou a rezar.

– “Quero que saiba que, a principal peça de combate, tem sido sempre o Saltério Angélico (Rosário) que é a pedra fundamental do Novo Testamento. Assim quero que alcances estas almas endurecidas e as conquiste para Deus, com a oração do meu Saltério”.

        Na ocasião, a aparição recebeu algumas denominações:

Nossa Senhora do Rosário;

– Nossa Senhora do Santo Rosário; e

Nossa Senhora do Santíssimo Rosário.

         Nascerá ali, à prática desta oração como devoção a Maria, por sua participação nos mistérios da vinda de Jesus Cristo, filho de Deus.

         Em 13 de setembro de 1213, se deu a vitória da “Batalha de Muret”, uma batalha decisiva, chamada de Cruzada Albigense, liderada por SIMON IV DE MONTFORT, o qual, em agradecimento, construiu o primeiro santuário dedicado a Nossa Senhora da Vitória.

          Em meados de 1365, o Monge CARTUXO HENRIQUE DE HALKAR separou em dezenas as 150 Saudações Angélicas, intercalando entre cada dezena um Pai-Nosso. Porém, foi em 1470, através do Frade Dominicano – ALAN DE RUPE, que teve origem o Rosário com um pensamento recitado junto a cada Ave-Maria.

          Em 25 de maio de 1571, era formada a Santa Liga (República de Veneza, Reino de Espanha, Cavaleiros de Malta e Estados Pontifícios), porém PIO V, “Santo”, confiante na providência de Deus e na proteção de Maria entregou o estandarte (Nossa Senhora do Rosário) e o comando da Esquadra Cristã ao General JOÃO DA ÁUSTRIA. Este por sua vez, corajosamente avançou em direção a numerosíssima Frota de Ali-Pachá (Turcos Otomanos), tendo em 07 de outubro de 1571, vencido a Batalha de Lepanto,” no Oeste da Europa (Lago (Golfo) de Lepanto – Grécia). Ao final, os inimigos (derrotados e aprisionados), confessaram que no céu aparecerá uma brilhante e majestosa Senhora, o fato incutira-lhes tanto medo, que em pânico iniciaram a fuga, vindo a se entregarem. A vitória foi atribuída a Nossa Senhora, por ter naquele dia, sido feita uma Procissão do Rosário na Praça de São Pedro, em Roma.

        Em 1572, o Papa PIO V, instituiu o 7 de outubro, como “Festa de Nossa Senhora da Vitória,” para comemorar, liturgicamente, a missão e o sucesso (vitória) da Santa Liga (Liga Santa ou Liga Santa do Mediterrâneo). Porém em 1573, seu sucessor, o Papa GREGÓRIO XIII, reconhecendo no Rosário a arma da vitória, mudou o título da comemoração para “Festa do Santo Rosário,” a qual foi estendida pelo Papa CLEMENTE XII à Igreja Católica.

.

FESTA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

        Após as reformas do Concílio Vaticano II, em 25 de dezembro de 1961, a “Festa do Santíssimo Rosário,” como era denominada, sofreu alteração e passou a ser o dia da comemoração de “Nossa Senhora do Rosário”. A festa tem a classificação litúrgica de memória universal e é dedicada ao Rosário e a todas as missões apostólicas, sendo mantida a data de 7 de outubro, aniversário da Batalha de Lepanto,” ocorrida em 1571.

        No Brasil, a devoção ao Santo Rosário foi trazida pelos missionários da Colônia Portuguesa e logo se espalhou, principalmente entre os pretos escravos que nele encontravam as orações mais simples e populares: o Pai-Nosso e a Ave-Maria. Usando o Rosário pendurado ao pescoço, ao fim dos trabalhos de cada dia, eles reuniam-se em torno de um “tirador de reza”. Do interior das senzalas, ouviam-se o sussurrar das preces dos cativos. Registros indicam que no Brasil, a primeira e mais antiga Igreja dedicada a “Nossa Senhora do Rosário,” foi construída em 1578, na cidade de Paranaguá/PR (Brasil).

Igreja (Catedral) N. Srª. do Rosário - Penedo/AL (Brasil).

Igreja (Catedral) N. Srª. do Rosário – Penedo/AL (Brasil).

          Já na histórica cidade de Penedo/AL, prazerosamente, os católicos têm como padroeira “Nossa Senhora do Rosário,” cuja gloriosa imagem se encontra no interior da belíssima Igreja (Catedral) de Nossa Senhora do Rosário, construída em 1690 e localizada na antiga Praça do Pelourinho (Praça Rui Barbosa) e atual Praça Barão de Penedo, s/nº – Centro – Penedo/AL. Como não poderia ser diferente, o dia 7 de outubro é uma data mantida no calendário da municipalidade, como festiva a sua padroeira, sendo inclusive, decretado feriado municipal.

          É bom lembrar que, o Papa JOÃO PAULO II, dedicou todo o seu Pontificado a Maria Santíssima. Declarando logo no primeiro dia de seu pontificado: – “Totus tuus Mariae (Tudo é de Maria)”. A devoção a Nossa Senhora do Rosário foi amplamente difundida e divulgada. Em 16 de outubro de 2003, João Paulo II acrescentou mais um conjunto de Mistérios ao Rosário – os Mistérios Luminosos – em uma Encíclica que escreveu sobre o Santo Rosário.

– Nossa Senhora do Rosário, rogai por nós !

PARTICIPE: Sua opinião é importante, portanto, deixe seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Portal do Judô

Notícias gaúcha para o mundo

Instituto do Negro de Alagoas - INEG/AL

Promovendo a População Negra do Estado de Alagoas!

ÍCONES DE PORTUGAL

Património de Portugal

a amazónia, os índios e eu: notícias & outras correspondências

"aqui eu, Malinche, conto o que ouvi contar"

Saccpa

Just another WordPress.com site

Minas em Pauta - Saúde e Ação Social

Just another WordPress.com weblog

Blog Afrocensos2010

Somos tod@s afrodescendentes - Somos tod@s afrodescendientes

UTI Neo

Cuidados em UTI Neonatal

REFRISATBlog - Chillers e Controle Térmico

O blog da maior empresa de Controle Térmico da América Latina

ALGARVEPRESSNAHORA

Mais um site WordPress.com

OIPOL

Organização Internacional de Policiais

Arnaldo V. Carvalho

Idéias, filosofia, humanismo, agenda, saúde, terapias, meu mundo.

VIAJAR NAS PALAVRAS

Escolas | João de Araújo Correia / Blogue da Biblioteca da Escola Secundária - Peso da Régua

jornais em português

jornais de acesso livre em língua portuguesa

BF Noticias

Just another WordPress.com site

quando a cidade era mais gentil

foto e memória de São Paulo

%d blogueiros gostam disto: