*- Museu/Rio São Francisco


Chalé dos Peixotos - Av. Getúlio Vargas nº 172 - Penedo-AL

Chalé dos dos Peixotos (pertenceu aos Loureiros) – Museu do Rio São Francisco – Av. Getúlio Vargas nº 172 – Penedo-AL (Brasil);

 
MUSEU DA FUNDAÇÃO DO BAIXO SÃO FRANCISCO
 

          A belíssima edificação do “Chalé dos Peixotos” ou “Chalé dos Loureiros, data do final do século XIX (ano 1889), fora construído pelo seu primeiro morador, o Sr. JOSÉ A. LOUREIRO, (Engenheiro Sanitarista), então responsável pelas obras de implantação do SAAE (Serviço de Abastecimento de Água e Esgoto) na cidade de Penedo (Alagoas). Seu segundo dono foi o Sr. JOSÉ VIEIRA DE FIGUEIREDO, antigo e próspero Comerciante Penedense.

Chalé dos Peixotos (anteriormente Chalé dos Loureiros) - 1914 a 1933 - Penedo - AL) (Brasil).

Chalé dos Peixotos (1914/1933) Construído p/ Eng. Loureiro – Penedo/AL (Brasil).

             Em 1914, o belo sobrado foi comprado pelo Sr. FERNANDO DA SIVA PEIXOTO, (empresário do setor têxtil e da navegação fluvial, entre 1914 e 1933), o qual havia chegado a pouco tempo da Bahia e, juntamente com seus familiares, trazia o propósito de residir definitivamente na Majestosa Capital do Baixo São Francisco, Cidade de Penedo.

          Com o decorrer do tempo, grande parte da comunidade Penedense já identificava o referido imóvel como Chalé dos Peixotos ou “Chalé do Seu FERNANDINHO” (maneira carinhosa), conforme narrativa (carta) da filha ZURICA GALVÃO PEIXOTO.

Baile de Máscaras - Chalé dos Peixotos - 1914 a 1933 - Penedo - AL (Brasil)

Baile de Máscaras – Chalé dos Peixotos/1916 – Penedo/AL (Brasil).

      O Chalé foi palco de luxuosos eventos e tradicionais festas, a exemplo do suntuoso “Bal Masqué” (Baile de Máscaras), ocorrido em 1916, que movimentou a pacata cidade de Penedo. Na época, no local hospedaram-se honrosamente pessoas ilustres, como os Governadores de Alagoas; ÁLVARO CORREIA PAES e também FRANCISCO AFONSO DE CARVALHO. Em 1930, tivemos ainda albergado um dos Comandantes Revolucionários, o Coronel ALUÍSIO DE MOURA, e toda a sua comitiva, que atravessaram de Penedo em direção à Bahia, além do eminente Presidente da República Federativa do Brasil, Doutor GETÚLIO DORNELLES VARGAS, no ano de  1931/1932.

           O citado imóvel foi posto a venda em 1933, após o Sr. FERNANDO DA SILVA PEIXOTO ter sofrido perseguições políticas, o que o obrigou a se exilar na Capital Alagoana (Maceió), até 19937/1938, depois rumado para a então Capital Federal do Brasil (Rio de Janeiro).

           O Chalé dos Loureiros ou Chalé dos Peixotos, apresenta estilo eclético (arquitetonicamente), com influência Francesa (tipicamente urbano), integram formas decorativas do classicismo, a simetria da fachada principal, levarão a duas varandas laterais, conferindo elegância ao prédio e harmonizando-se ao neoclassicismo das portas e janelas. A obra representa em sua época, um marco da vanguarda no Brasil, devido o estilo e a tecnologia (segunda revolução industrial) empregada, sendo que conserva intactas suas características originais.

Chalé dos Peixotos - Museu do Rio São Francisco - Av. Getúlio Vargas 172 - Penedo-AL

Chalé dos Peixotos (Construído p/ Eng. Loureiro) – Futuro Museu do Rio S. Francisco – Av. Getúlio Vargas, 172 – Penedo-AL (Brasil).

         Em 1996, a Fundação Casa do Penedo, já de posse do imóvel, publicou em seu jornal, que o Chalé seria reformado e após a execução de um grande trabalho, em breve, sediará o Centro de Documentação do Museu do Rio São Francisco, isto porque, o Museu será instalado em dois imóveis tombados em 1996, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN); o segundo deles incorporados a ser utilizado será o sobrado em que funcionou o Consulado Provincial, Cadeia Pública e também a extinta Sede do CLUBE DE PESCA DE PENEDO (CAPESPE), situado na Rua Dámaso do Monte, com os fundos voltados para as águas do São Francisco, permitindo, assim, integrar o próprio rio no acervo do Museu, com a exposição de embarcações típicas, ambas manterá viva a história do Rio da Integração Nacional “O Rio São Francisco” e seus afluentes. O objetivo é abrigar todas as histórias e atividades das populações ribeirinhas; além de fotos e artefatos de importância histórica, etc.

         O “Chalé dos Peixotos ou Chalé dos Loureiros” irá receber um sobre-forro em fibra de vidro com aditivos anti-chamas e anti-raios ultravioletas, o que torna o imóvel impermeável e garante a conservação do material do acervo, um trabalho tecnológico pioneiro no Estado de Alagoas. Em resumo, Penedo vai abrigar o primeiro Museu Federal do País.

           O projeto de criação do Museu do Rio São Francisco com recurso proveniente da Lei Roaunet, se tornou realidade graças a iniciativa de ONGs (Organizações não Governamentais) do historiador, literato e médico, FRANCISCO ALBERTO SALES, Presidente da Fundação Casa do Penedo (proponente do projeto), sendo ainda apoiado pelo Presidente (JOSÉ DO NASCIMENTO JÚNIOR) do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), e principalmente da população Alagoana, junto com intelectuais envolvidos com a causa.

Ministro da Cultura GILBERTO GIL e o Pres. do BNDES DEMIAN FIOCCA

Ministro da Cultura (GILBERTO GIL) e o Pres. do BNDES (DEMIAN FIOCCA).

        O contrato de financiamento para o início da reforma objetivando a criação do Museu Rio São Francisco foi assinado no dia 05 de junho de 2006, pelo Ministro da Cultura, GILBERTO GIL, e o presidente (DEMIAN FIOCCA) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), durante solenidade que contou com as presenças do presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), LUIZ FERNANDO ALMEIDA; do Secretário de Cultura de Alagoas, PAULO PEDROSA; e do prefeito de Penedo, MARCIUS BELTRÃO SIQUEIRA.


LOCALIZAÇÃO:

– Avenida Getúlio Vargas, 172 – Penedo/AL (Brasil).

Anúncios

2 Respostas to “*- Museu/Rio São Francisco”

  1. Fernando Moura peixoto 15 de novembro de 2014 às 18:01 #

    CHALÉ DOS PEIXOTOS EM PENEDO
    Prezados Senhores
    Zurica Galvão Peixoto (1914 – 2005) [cujo centenário ocorreria em 16 de dezembro, se viva fosse] residia desde 1937 em Copacabana, no Rio de Janeiro, quando, aos 81 anos, em maio de 1996, escreveu à Fundação Casa do Penedo, em Penedo, Alagoas, sua terra natal:

    VEJA ABAIXO PARTE DO CONTEÚDO DA CARTA:

    “Casualmente chegou-me às mãos um exemplar do ‘Jornal da Casa do Penedo’, em cuja página principal se encontra a manchete ‘A Casa da Memória’, e aí se acha impressa a fotografia de um lindo chalé. Li todo o conteúdo do jornal e, na página 3, vi o título ‘O Chalé dos Loureiros Será Casa da Memória”. Verifico com satisfação que a Fundação Casa do Penedo adquiriu o Chalé dos Loureiros para ali instalar a ‘Casa da Memória de Penedo’.”
    “Olhei demoradamente a fotografia ampliada do chalé e fiquei a meditar… Este chalé é meu conhecido! É o meu chalé e do qual guardo as mais doces e gratas lembranças! Chalé dos Loureiros? Sim…
    “Lembro-me ter ouvido de meu Pai, quando menina, que o chalé, depois do Sr. Loureiro, tornou-se propriedade do Sr. José Vieira de Figueiredo, antigo e próspero comerciante penedense, de quem ele comprou aquela bela casa para fixar a nossa moradia [1914], pois meu Pai chegara há pouco tempo da Bahia e iria residir definitivamente em Penedo.”
    “O Chalé dos Peixotos, ou Chalé do Seu Fernandinho, como era então carinhosamente chamado, gozava realmente de um privilegiado posicionamento. Tinha à frente a visão para o Rio São Francisco e o Morro do Aracaré. No fim da casa, na varanda, avistava-se ainda, em curva, o grande rio, e era deslumbrante apreciar o pôr do sol daquele local. O salão de visitas e festas tinha portas e janelas dando para os terraços e jardins sempre floridos.”
    “Hoje residindo no Rio de Janeiro, em Copacabana, distante há tantos anos, nunca esqueci minha terra natal. Embora de longe, acompanho interessada os vários melhoramentos e o progresso que nela se realizam. Recebi prazerosamente a notícia de que o chalé não irá mais ser demolido, e que vai se tornar a ‘Casa da Memória’. Só posso desejar o maior êxito a esse nobre e auspicioso projeto.”

    ZURICA PEIXOTO (1914 – 2005)

    Atenciosamente: Fernando Moura Peixoto (ABI 0952-C) – COLABORADOR.
    Meu vídeo: Chalé dos Peixotos em Penedo/AL – http://youtu.be/exGBeFXEu4g

  2. Vanessa Oliveira 15 de setembro de 2014 às 16:57 #

    Preciso saber a Historia de vida do antigo proprietário Sr. JOSÉ A. LOUREIRO, tenho muito interesse na vida e obra desse Sr.. questões pessoais.

PARTICIPE: Sua opinião é importante, portanto, deixe seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Portal do Judô

Notícias gaúcha para o mundo

Instituto do Negro de Alagoas - INEG/AL

Promovendo a População Negra do Estado de Alagoas!

ÍCONES DE PORTUGAL

Património de Portugal

a amazónia, os índios e eu: notícias & outras correspondências

"aqui eu, Malinche, conto o que ouvi contar"

Saccpa

Just another WordPress.com site

Minas em Pauta - Saúde e Ação Social

Just another WordPress.com weblog

Blog Afrocensos2010

Somos tod@s afrodescendentes - Somos tod@s afrodescendientes

UTI Neo

Cuidados em UTI Neonatal

REFRISATBlog - Chillers e Controle Térmico

O blog da maior empresa de Controle Térmico da América Latina

ALGARVEPRESSNAHORA

Mais um site WordPress.com

OIPOL

Organização Internacional de Policiais

Arnaldo V. Carvalho

Idéias, filosofia, humanismo, agenda, saúde, terapias, meu mundo.

VIAJAR NAS PALAVRAS

Escolas | João de Araújo Correia / Blogue da Biblioteca da Escola Secundária - Peso da Régua

jornais em português

jornais de acesso livre em língua portuguesa

BF Noticias

Just another WordPress.com site

quando a cidade era mais gentil

foto e memória de São Paulo